Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
Um mini-museu vivo de memórias do portugal recente

Um mini-museu vivo de memórias do portugal recente

Teatro & Arte | Teatro

T. M. Joaquim Benite

Sala Experimental
Classificação Etária
Maiores de 12 anos
Bilhete Pago
Todas as Idades
2018
abr
24
a
2018
abr
29
Realizado

Duração

90 minutos

Promotor

Teatro Municipal Joaquim Benite

Breve Introdução

Depois de Um museu vivo de memórias pequenas e esquecidas, apresentado no 32.º Festival de Almada e eleito pelo público Espectáculo de Honra 2016, Joana Craveiro regressa a Almada com um primeiro rebento desse espectáculo matricial, agora a pensar nos jovens e nas famílias. Em vez de sete palestras performativas, Um mini-museu vivo de memórias do Portugal recente consiste apenas numa, dividida em sete partes. O percurso trilhado é idêntico ao do espectáculo-mãe: privilegiando a memória dos anónimos sobre a dos protagonistas militares e políticos, escreve-se uma outra história à margem da história mais dominante embora os seus principais capítulos continuem a ser a ditadura do Estado Novo, a Revolução de Abril de 1974, a Guerra Colonial e o Processo Revolucionário. No final, mantém-se a habitual conversa com o público, na qual todos são convidados a participar.

Ficha Artística

texto e direcção de Joana Craveiro

Interpretação Joana Craveiro
Colaboração criativa Rosinda Costa e Tânia Guerreiro
Desenho de luz João Cachulo
Produção Cláudia Teixeira

Transportes Públicos

Metro Sul do Tejo
TST

Partilhar

Serviços Adicionais

Veja ainda:

Proyecto voltaire

Música & Festivais | Música

T. M. Joaquim Benite

Café-Concerto